seta Universidade Estadual de Montes Claros - MG | Quinta-Feira, 13 de dezembro de 2018 | relogio 19:29

Em doutorado, professor da Unimontes receberá o Prêmio UFMG como melhor tese em Enfermagem

Diego LattesO professor Diego Dias de Araújo, do Departamento de Enfermagem da Universidade Estadual de Montes Claros, receberá o Prêmio UFMG de Teses como a melhor produção defendida no âmbito do doutorado em Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais em 2017. A entrega será no próximo dia 18, às 19 horas, no auditório da Reitoria/UFMG, no campus BH.

A tese do pesquisador da Unimontes – “Efeito de Intervenções de Enfermagem na Prevenção de Olho Seco em Pacientes Críticos: Ensaio Clínico Randomizado” – foi produzida ao longo de dois anos e sete meses, sob a orientação da professora doutora Tânia Couto Machado Chianca.

Conforme o autor, o objetivo do estudo foi avaliar o efeito de intervenções de Enfermagem (lágrima artificial em gel e lágrima artificial líquida) na prevenção de olho seco em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva geral de adultos, de um hospital filantrópico no Brasil.

Acesse

“O olho seco é descrito como uma alteração multifatorial das lágrimas e superfície ocular, que resulta em sintomas de desconforto, distúrbios visuais e instabilidade do filme lacrimal, com danos potenciais à superfície ocular. O estudo prévio revelou que o olho seco é um problema comum em pacientes internados em UTIs, com incidência de 53%”, explica o professor Diego Araújo.

Ainda conforme o doutor, os resultados mostram que dos pacientes que receberam a lágrima artificial líquida 21,4% desenvolveram o desfecho e, aqueles em que foi implementada a lágrima artificial em gel 8,6%, apresentaram o olho seco. “A intervenção da lágrima artificial gel mostrou-se mais efetiva na prevenção de olho seco, quando comparada à lágrima artificial líquida”, conclui.

Defesa_UFMG.jpg

O Prêmio UFMG de Tese é inspirado no Prêmio CAPES de Tese e o Grande Prêmio CAPES de Tese, entregue a cada ano em reconhecimento às melhores teses nos doutorados reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-Graduação em 49 áreas do conhecimento. A premiação considera a originalidade do trabalho, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

A tese do professor Diego Araújo concorreu com os demais estudos do Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da UFMG apresentados em 2017 e, ao mesmo tempo, passa a concorrer o Grande Prêmio UFMG de Teses, que contemplará três grupos: I) Ciências Agrárias, Ciências Biológicas e Ciências da Saúde; II) Ciências Exatas e da Terra e Engenharias; e III) Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguística, Letras e Artes.

UnimontesCampus Universitário Professor Darcy Ribeiro - Vila Mauricéia - Montes Claros - MG

Acesso Restrito