seta Universidade Estadual de Montes Claros - MG | Quarta-Feira, 19 de dezembro de 2018 | relogio 00:45

Abertura do 12º FEPEG destaca Ciência como instrumento de desenvolvimento

 

Abertura 12FEPEG 1

Ao findar minha segunda gestão como reitor nesta instituição tão importante, faço questão de destacar a dimensão e relevância deste Fórum que consegue integrar toda a comunidade acadêmica com atividades cientificas das mais variadas. O comentário fez parte do pronunciamento do reitor da Universidade Estadual de Montes Claros, professor João dos Reis Canela, ao presidir a solenidade oficial de abertura do 12º Fórum de Ensino, Pesquisa, Extensão e Gestão (FEPEG/Unimontes).

“A participação de professores, pesquisadores, acadêmicos e do público externo expressa a vitalidade deste evento que, a cada ano, procura abordar os temas mais pertinentes para a academia e contribuir efusivamente com o ensino associado à ciência na geração do conhecimento”, completou o reitor. O evento foi realizado na quadra 1, do Centro Esportivo Universitário “Reitor João Valle Maurício”, no campus-sede.

O vice-reitor, professor Antonio Alvimar Souza, pró-reitores, coordenadores de curso, chefes de departamento, diretores de Centro, professores, acadêmicos e representantes da comunidade em geral acompanharam a abertura do 12º FEPEG, cuja programação seguirá até o sábado (1º/12). "Importante destacar a adesão maciça dos professores e acadêmicos dos demais campi da Unimontes às atividades do Fórum, que evidencia a dimensão da rede de pesquisa que a Universidade possui", reiterou o professor Paulo Eduardo Gomes de Barros, presidente do comitê organizador do FEPEG e pró-reitor adjunto de extensão da Unimontes. O retorno do Coral Universitário às apresentações institucionais foi um dos destaques durante a solenidade de abertura.

O FEPEG - O maior evento acadêmico da Unimontes está com programação extensa, com minicursos, oficinas, palestras, mesas redondas e apresentação de trabalhos científicos. O Fórum reúne quase 4 mil pessoas.

Alexandre Amaral EmbrapaA palestra de abertura foi ministrada pelo pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa), professor Alexandre Morais de Amaral, sobre o tema: “Agricultura, Ciência e Tecnologia: Implicações no Ensino, Pesquisa e Extensão”. Ele destacou a importância dos investimentos em ciência na agricultura como instrumento de desenvolvimento sustentável.

CONFIRA

“A nossa agricultura tropical deve ser baseada em ciência. É preciso desenvolver pesquisas com esta perspectiva para responder aos mercados cada vez mais sofisticados, competitivos e lucrativos, além da demanda da sociedade que quer cada vez mais qualidade”, ressaltou. Para Alexandre, as universidades e centros de pesquisa precisam formar profissionais atentos a este modelo, em consonância com a transformação digital, a ciência dos dados e a especialização da ciência.

“A diversidade é cada vez maior e precisamos agregar valores e estimular as mais variadas pesquisas que atendam às necessidades do mercado e da sociedade. A agricultura hoje integra profissionais das mais diversas áreas”, finalizou.

Coral Universitario 2018

UnimontesCampus Universitário Professor Darcy Ribeiro - Vila Mauricéia - Montes Claros - MG

Acesso Restrito